Palpites FA Cup: como apostar na Copa da Inglaterra

Os azuis Manchester City, Chelsea e Leicester City chegam embalados após temporadas vitoriosas, mas as tradicionais camisas vermelhas de Manchester United, Arsenal e Liverpool não podem ser consideradas fora do páreo.

A Copa da Inglaterra, ou FA Cup, é a competição de futebol mais antiga do planeta. Disputada pela primeira vez no longínquo ano de 1871, o torneio do país europeu atualmente permanece como uma das copas nacionais mais prestigiadas do mundo.

Outra característica marcante da Copa da Inglaterra é o fato de abranger uma gama enorme de clubes diferentes, que vão da 1ª até a 10ª divisão inglesa. Ao todo, são cerca de 760 times (o recorde foi 761) disputando um único título.

Este cenário também é um terreno fértil para os entusiastas das apostas, portanto estar com os palpites da FA Cup afiados pode, além de ser muito divertido, render uma graninha para quem acompanha o futebol na Terra da Rainha.

O que coloca ainda mais tempero nisso tudo é o fato de que o torneio é 100% disputado no formato mata-mata, modalidade muito popular no Brasil. Assim, prepare-se para viver muita expectativa e emoções diante de uma infinidade de partidas decisivas.

Confira abaixo como é disputada a Copa da Inglaterra, os principais concorrentes ao título e seu histórico do torneio, formatos de apostas, jogadores que mais marcaram na última temporada e dicas de como mandar bem nos palpites da FA Cup neste ano:

Formato da competição

FA Cup é uma abreviação para Football Association Cup (Copa da Federação Inglesa de Futebol). A competição tem 12 fases eliminatórias antes da final e não deve ser confundida com a Copa da Liga Inglesa, disputada por equipes das quatro primeiras divisões.

Os jogos da Copa da Inglaterra são sempre em turno único. Esse modelo emocionante foi inspiração para outras tradicionais competições nacionais ao redor do mundo, como a Copa do Brasil, a Taça de Portugal, a Copa do Rei da Espanha, entre outras.

As primeiras classificatórias acontecem já no mês de agosto, os times de divisões maiores vão entrando na disputa com o passar das fases, e a final geralmente é jogada no mês de maio do ano seguinte, no gramado do tradicional estádio Wembley, em Londres.

Por esse formato e também por envolver times de todos os níveis do futebol inglês, a competição é conhecida pelas frequentes zebras – quando um time considerado grande é surpreendido e eliminado por outro considerado pequeno.

Histórico e principais concorrentes

Estádio esportivo vazio do Liverpool

Quando um torneio tão antigo e tradicional é analisado, é preciso levar em consideração tanto o momento atual dos clubes quanto o histórico deles na competição ao longo dos anos.

Afinal, uma equipe como o Arsenal, notável por não conseguir apresentar trabalhos consistentes nos últimos anos, venceu em 2020 e manteve-se como forte concorrente ao título nesta competição, pois é o maior campeão, com 14 títulos e sete vices.

Atrás deles vem o sempre forte Manchester United, hoje não tão hegemônico quanto em tempos atrás, mas ainda muito respeitado. Os Red Devils venceram 12 Copas da Inglaterra, a última delas em 2016, e foram vice-campeões em oito oportunidades.

Campeão da UEFA Champions League 2020-2021, o Chelsea consolidou-se como umas grandes forças do futebol inglês e chegou à final da FA Cup nos últimos dois anos. Ao lado do Tottenham, tem oito títulos em sua galeria de troféus.

O Liverpool, com sete, também não pode ser ignorado, apesar de ter se sagrado campeão pela última vez em 2006. Vencedor da Premier League 2020-2021, o fortíssimo Manchester City ganhou a copa nacional pela última vez em 2019 e possui seis títulos.

Vale ainda o destaque para o atual campeão, o Leicester City, que bateu o Chelsea na final da temporada 2020-2021 pelo placar de 1 a 0. Foi o primeiro título das raposas na história da FA Cup, mostrando que nem sempre os poderosos confirmam seu favoritismo no torneio.

Destaques individuais

Por se tratar de um campeonato que não é considerado pelas grandes potências inglesas uma prioridade, muitos jogadores mais jovens recebem mais oportunidades, bem como atletas de clubes menores que se destacam no decorrer de uma campanha.

Na temporada 2020-2021, a artilharia foi dividida por quatro atletas com quatro gols: Tammy Abraham (do Chelsea, atualmente na Roma), Kelechi Iheanacho (do Leicester City), Gary Madine, (do Blackpool), Alfie May (do Cheltenham Town) e Tom Nichols (do Crawley Town).

No entanto, é importante ficar ligado em nomes como Mohamed Salah (Liverpool), Richarlison (Everton) e Youri Tielemans (Leicester City), que marcaram em três oportunidades e atuam em times postulantes ao título.

Apostas populares

campo de futebol inglês, para palpites FA Cup

Fáceis de compreender, os mercados clássicos são os mais populares nesta competição: 

  • Vencedor da Partida;
  • Resultado Exato;
  • Quem Marcará Gol;
  • Primeiro a Marcar; 
  • Último a Marcar;
  • Marcar a Qualquer Momento.

Apostadores mais experientes, no entanto, procuram palpites mais específicos nos formatos handicap europeu e handicap asiático.

No handicap, é colocada uma vantagem para a equipe considerada mais fraca antes do início da partida. É como se fosse um “gol imaginário”, que deixa as odds maiores e mais convidativas, quando a probabilidade de uma goleada é considerada grande.

É possível ainda apostar em estatísticas como número de cartões, número de escanteios, número de gols ou chutes a gol.

Agora que você já tem em mente o que fazer para acertar nos palpites da FA Cup, não deixe de acompanhar a competição, que começa oficialmente em novembro deste ano, com as disputas de divisões inferiores. Os times da Premier League entram a partir de janeiro.Coloque estas dicas e seus conhecimentos em prática apostando com a KTO. A plataforma possui novos mercados e ampla seleção de esportes e variedade de jogos de cassino com cashback vitalício, além de saques super rápidos e todo o suporte ao cliente.